IMPORTÂNCIA DO CAJUEIRO ROXO (Anacardium occidentale L.) PARA AS ABELHAS E NA ETNOMEDICINA DA PARAÍBA

Autores

  • Thiago Wellington Martins dos Santos IFPB - Campus Cabedelo
  • Marcelo Leor Bellini Monjardim Barboza IFPB - Campus Cabedelo
  • Mário Luiz Farias Cavalcanti Universidade Federal do Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.47180/omij.v3i3.179

Palavras-chave:

Etnobiologia., Plantas medicinais., Anacardium occidentale., Polinização.

Resumo

Esta pesquisa teve por objetivo geral analisar o uso etnomedicinal do cajueiro roxo (Anacardium occidentale L.) na Paraíba e a sua importância para as abelhas. Tratou-se de uma revisão de sistemática de literatura, em que foram selecionados estudos na base de dados Google Acadêmico, (https://bit.ly/3UFJ3dB) e no Centro de Referência em Informação Ambiental (cria.org.br) (http://abelhaseplantas.cria.org.br/busca_planta?planta=92) na busca pelas espécies de abelhas polinizadoras e para fins etnobiológicos a plataforma plantamed (https://www.plantamed.com.br), entre os dias 16 e 28 de outubro de 2022. Verificou-se que na etnomedicina é usado como vermicida, antisséptico, anti-inflamatório, adstringente e cicatrizante da casca e entrecasca e folhas do cajueiro pode ser usado como complemento ao tratamento e prevenção de doenças. As principais abelhas polinizadoras do Cajueiro Roxo são abelhas solitárias, evidenciando as famílias Apidae (com 29 espécies), Halictidae (com 4 espécies) e Megachilidae (com 2 espécies) totalizando 35 espécies. Dessa forma, constata-se a grande importância bioecológica desse vegetal e sua grande utilização na etnomedicina paraibana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGRA, M. F.; FRANÇA, P. F.; BARBOSA-FILHO, J. M. Synopsis of the plants known as medicinal and poisonous in Northeast of Brazil. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 17, p. 114-140, 2007. Disponível em: https://bit.ly/3Y9obyn>. Acesso em: 19 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-695X2007000100021

AGUIAR, C. M. L.; ZANELLA, F. C. V. Estrutura da Comunidade de Abelhas (Hymenoptera: Apoidea: Apiformis) de uma área na Margem do Domínio da Caatinga (Itatim, BA). Neotropical entomology, v. 34, n. 1, p. 15-24, 2005. DOI: https://doi.org/10.1590/S1519-566X2005000100003

AGUIAR, C. M. L. Utilização de recursos florais por abelhas (Hymenoptera: Apoidea) em uma área de Caatinga (Itatim, Bahia, Brasil). Rev. Bras. Zool. v. 20, n 3, p. 457-467, 2003. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-81752003000300015

ALMEIDA, J. F.; FREIRES, M. A. L.; PINHEIRO, M. L. B.; DUARTE, N. M.; SILVA, W. A. M.; MELO, W. F.; MEDEIROS, A. C.; MEDEIROS, F. L.; MARACAJÁ, P. B. A visão dos médicos e a utilização de plantas medicinais pelo sistema de saúde. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 11, p. 1-13, 2022. Disponível em:<https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/31427/28545> Acesso em 21 de out. 2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i11.31427

ARAÚJO, A. M.; RODRIGUES, E. M.; MOURA, D. C. Etnobotânica das plantas medicinais no município de Parari, Paraíba, Brasil. Geosul, Florianópolis, v. 36, n. 78, p. 659-679, jan./abr. 2021. Disponível em: https://bityli.com/AyI5N>. Acesso em 21 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.5007/2177-5230.2021.e67196

BARBOSA, M. G.; MESQUITA, M. R.; AGUIAR, M. I. Conhecimento Etnobotâcnico Tradicional de Moradores do Município de Corrente, Piauí. VII CONNEPI. 2012. Disponível: < https://propi.ifto.edu.br/ocs/index.php/connepi/vii/paper/viewFile/957/1542 >. Acessado em: 17 de out. de 2022.

BENOSKI, G; FORJAZ, G. Guia ilustrado de pasto meliponícola - Vol. 1 - Vegetação Arbórea - Projeto Abelhando Mundo Afora. São Paulo, 98 pp., 2020.

BORGES, D. Q. S. et al. Etnobotânica de plantas medicinais comercializadas por raizeiros em uma cidade do sertão da Bahia, Brasil. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 12, p. 121161-121173, 2021. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n12-742

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução de Diretoria Colegiada no. 48 de 16 de março de 2004. Aprova o regulamento técnico de medicamentos fitoterápico junto ao Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. 2004. DOU. Diário Oficial da União, Poder Executivo, DF, Brasília, 18 mar. 2004. Disponível em:< (https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2004/rdc0048_16_03_2004.html)>. Acesso 10 de dez. de 2022.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica. A Fitoterapia no SUS e o Programa de Pesquisas de Plantas Medicinais da Central de Medicamentos. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 148 p. – (Série B. Textos Básicos de Saúde).

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Práticas integrativas e complementares: plantas medicinais e fitoterapia na Atenção Básica/Ministério da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. 156 p. (Série A. Normas e Manuais Técnicos) (Cadernos de Atenção Básica ; n. 31).

BRASILEIRO, B. G., PIZZIOLO, V. R., MATOS, D. S., GERMANO, A.M., JAMAL, C. M. Plantas medicinais utilizadas pela população atendida no “Programa de Saúde da Família”, Governador Valadares, MG, Brasil. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas. v. 44, n. 4, out./dez., 2008. Disponível em:< https://bit.ly/3FDk0DJ. Acesso em: 19 de out. 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-93322008000400009

CAVALCANTE, L. B. Percepção sobre plantas medicinais na comunidade do Riacho do Algodão no Município do Congo-PB. 2022. 26f. (Trabalho de Conclusão de Curso - Monografia), Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé – Paraíba – Brasil, 2022. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/27532. Acesso em 21 de out. de 2022.

CARVALHO, C. A. L. Abelhas (Hymenoptera, Apoidea) no município Cruz das Almas - Bahia: levantamento, identificação e material coletado em plantas de importância econômica. 1993. Dissertação de Mestrado (Universidade Federal da Bahia), Cruz das Almas-BA. 1993.

CARVALHO, B. F.; BARRETO, G. N. Espécies arbóreas nativas recomendadas para a conservação de abelhas indígenas em propriedade rural no município de Murici dos Portelas-PI. Revista Multidisciplinar de Educação e Meio Ambiente, v. 2, n. 4, p. 08-08, 2021. DOI: https://doi.org/10.51189/rema/3092

CARVALHO, C. A. L.; MARQUES, O. M.; SAMPAIO, H. S. V. Abelhas (Hymenoptera, Apoidea) em Cruz das Almas - Bahia: 1. Espécies coletadas em fruteiras. Insecta, v. 4, n. 1, p.11-17, 1995.

CASTRO, K. S. Plantas medicinais utilizadas para problemas bucais em diferentes biomas brasileiros: estudo etnobotânico. Recife, 2018. Disponível em: <https://attena.ufpe.br/bitstream/123456789/32316/1/TESE%20Kaline%20Silva%20Castro.pdf>. Acesso 21 de out. 2022.

CEOLIN, T.; HECK, R. M.; BARBIERI, R. L.; SCHWARTZ, E.; MUNIZ, R. M.; PILLON, C. N. Plantas medicinais: transmissão do conhecimento nas famílias de agricultores de base ecológica no Sul do RS. Rev Esc Enferm USP. 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reeusp/a/RhYtqkRwFSRDYBR6gGqZhxM/?format=pdf&lang=en. Acesso 18 de out. 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/S0080-62342011000100007

CORRÊA, A. D; BATISTA, R. S, QUINTAS, L. E. M. Plantas Medicinais: do cultivo à terapêutica. 5ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Vozes; 1998.

FÉLIX, C. M. P. Etnobotânica, Florística e Citogenética na Serra do Jatobá, no Cariri da Paraíba, Nordeste do Brasil. 2019. 200 f. (Dissertação de Mestrado), Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Universidade Federal de da Paraíba, João Pessoa–Paraíba–Brasil, 2019. Disponível em:<https://bit.ly/3jpRYCM. Acesso em 21 de dez. de 2022.

FERREIRA, E. C. et al. Comercialização de plantas medicinais em mercados públicos no estado da Paraíba, Nordeste, Brasil. 2019. 107 f. Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente, Universidade Federal de da Paraíba, João Pessoa–Paraíba–Brasil, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3PI7fLm. Acesso em: 21 de out. de 2022.

FERREIRA, S. A. M.; ROMÁRIO-SILVA, D.; OLIVEIRA, P. A. P.; SETTE-DE-SOUZA, P. H.; RODRIGUES, A. C.; SILVA, A. C. B. Plantas medicinais: conhecimento e uso por usuários de Unidades Básicas de Saúde em Araruna - PB, Brasil. Archives of Health Investigation, v. 10, n. 8, p. 1231–1236. 2021. Disponível em:< https://bityli.com/dWEDU. >. Acesso em 21 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.21270/archi.v10i8.5096

FLORA, M. M. Desenvolvimento de um produto gelificado à base de polpa do pseudofruto de caju. 2016. Tese de Doutorado. Universidade de Lisboa (Portugal). Disponível em: https://www.proquest.com/openview/4166c4bdefdffe5ed9d86d1453359068/1?pq-origsite=gscholar&cbl=2026366&diss=y). Acesso 17 de out. de 2022.

FREITAS, B. M.; BOMFIM, I. G. A. A necessidade de uma convivência harmônica da agricultura com os polinizadores. Importância dos polinizadores na produção de alimentos e na segurança alimentar global. Brasília, DF: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2017.

GONÇALVES, F. N. Melhoria na aprendizagem de Botânica através do estudo de plantas medicinais no Ensino Médio em um Escola de Patos-PB. 2019. 108f. (Dissertação de Mestrado), Mestrado Profissional em Ensino de Biologia-PROFBIO, Centro de Ciências Exatas e da Natureza, Universidade Federal de da Paraíba, João Pessoa–Paraíba–Brasil, 2019. Disponível em:< https://bit.ly/3Galju3. >. Acesso em 21 de out. de 2022.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil, vol. 1, 3. Ed. Nova Odessa, SP; Instituto Plantarum, 2000. 352 p.

LIMA, M. F. C. Comunidade de Abelhas, Nidificação de Abelhas Solitárias em Cavidades Preexistentes(Hymenoptera: Apoidea) e Interação Abelha-Planta na Reserva Biológica Guaribas, Mamanguape, Paraíba, Brasil. 2004. 157 pp. Tese de Doutorado (Universidade Federal da Paraíba), João Pessoa PB, 2004.

MALHEIROS, A. F. Etnobiologia e as práticas culturais indígenas ciências matemática e da natureza. Cáceres: Layout. 2020. 32 p. (Caderno Cultural Intercultura 1). Disponível em: <http://portal.unemat.br/media/files/CMN-V1.pdf. Acesso 20 de out. de 2022.

MEDEIROS, F. S.; SÁ, G. B.; DANTAS, M. K. L.; ALMEIDA, M. G. V. M. Plantas medicinais comercializadas na feira livre do município de Patos, Paraíba. Universidade Federal de Campina Grande. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v. 14, Nº. 1, 2019a, p. 150-155. Disponível em: file:///C:/Users/marti/Downloads/Dialnet-PlantasMedicinaisComercializadasNaFeiraLivreDoMuni-7083441.pdf. > Acesso em 21 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.18378/rvads.v14i1.5448

MEDEIROS, D. S.; ALMEIDA, M. A. L.; LIMEIRA, R. R. T.; SANTIAGO, C. R. G.; ARAÚJO, M. R. C.; OLIVEIRA JÚNIOR, J. K.; OLIVEIRA LIMA, E. Plantas medicinais utilizadas no tratamento de problemas bucais no estado da Paraíba, Brasil: uma revisão de literatura. Archives of Health Investigation, v. 8, n. 9, 2019b. Disponível em < https://archhealthinvestigation.com.br/ArcHI/article/view/3252/pdf.> Acesso em 21 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.21270/archi.v8i9.3252

MOREIRA, R. D. C. T.; COSTA, L. C. D. B.; COSTA, R. C. S.; ROCHA, E. A. Abordagem etnobotânica acerca do uso de plantas medicinais na Vila Cachoeira, Ilhéus, Bahia, Brasil. Acta farmacêutica bonaerense, v. 21, n. 3, p. 2005-2011, 2002. Disponível em < http://www.latamjpharm.org/trabajos/21/3/LAJOP_21_3_3_1_L8H8YN8M78.pdf. > Acesso em 21 de out. de 2022.

NASCIMENTO, R. C. F. Emprego de plantas medicinais no tratamento de animais domésticos por indígenas potiguara do estado da Paraíba. 2021, 64 fl. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Medicina Veterinária, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Paraíba, Areia – Paraíba – Brasil, 2021. Disponível em: https://bit.ly/3jldDfE. > Acesso em 21 de out. de 2022.

NÓBREGA, L. B. Conhecimento e uso de plantas medicinais por idosos dos programas da assistência social (PAIF/CRAS) do município de Baraúna - PB. 2021. 65 fl. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité – Paraíba – Brasil, 2021. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/19184. Acesso em: 21 de out. de 2022.

PADILHA, J. A. et al. Ensaio farmacológico clínico com gel do extrato etanólico da casca do caule de Anacardium occidentale L., através da fonoforese no tratamento da síndrome do túnel do carpo. 2019. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/123456789/19203/1/JanineAgraPadilha_Tese.pdf. > > Acesso em 21 de out. de 2022.

LIMA, M. F. C. Comunidade de Abelhas, Nidificação de Abelhas Solitárias em Cavidades Preexistentes (Hymenoptera: Apoidea) e Interação Abelha-Planta na Reserva Biológica Guaribas, Mamanguape, Paraíba, Brasil. 2004. 157 pp. Tese de Doutorado (Universidade Federal da Paraíba), João Pessoa PB, 2004.

LIMA PEREIRA, J.; LIMA PEREIRA, E. R.; ; OLIVEIRA, M. E. B.; BELTRÃO, I. C.; MEDEIROS, M. B. Uso caseiro das plantas medicinais: conhecimento e uso no município de Itabaiana/PB. In: II CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS – COINTER – PDVAgro., 2017, Recife-PE. Disponível em: <https://cointer-pdvagro.com.br/wp-content/uploads/2018/02/USO-CASEIRO-DAS-PLANTAS-MEDICINAIS-CONHECIMENTO-E-USO-NO-MUNIC%C3%8DPIO-DE-ITABAIANAPB.pdf> Acesso em: 21 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.31692/2526-7701.IICOINTERPDVAGRO.2017.00148

RÊGO, M. M. C. Abelhas Silvestres (Hym. Apoidea) em um ecossistema de cerrado s.l.(Chapadinha-MA, Brasil): uma abordagem biocenótica. 1998, 231 pp. Tese de doutorado (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto-USP), Ribeirão Preto-SP, 1998.

RIBEIRO, D. A.; MACÊDO, D. G.; OLIVEIRA, L. G. S.; SARAIVA, M. E.; OLIVEIRA, S. F.; SOUZA, M. M. A.; MENEZES, I. R. A. Potencial terapêutico e uso de plantas medicinais em uma área de Caatinga no estado do Ceará, nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 16, n. 4, p. 912-930, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-084X/13_059

ROSA, M.; OREY, D. C. Aproximando diferentes Campos de Conhecimento em Educação: A Etnomatemática, A Etnobiologia e Etnoecologia. VIDYA, v. 34, n. 1, p. 1-14, jan./jun., 2014 - Santa Maria, 2013. Disponível em: <http://www.cead.ufop.br/images/NOTICIAS_2014/30-05-14_Artigo%20Vidya.pdf>. Acesso em: 12 de out. 2021.

SANTOS, M. C. Q.; ARAÚJO, C. R. F. Fitoterapia como alternativa de imunomodulação em idosos em tempos de COVID 19. VII CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENVELHECIMENTO HUMANO. 2020. Campina Grande-PB. Disponível em: < https://bityli.com/OcEJ1. > Acesso em: 21 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.37423/210403845

SILVA, M. C. M. Estrutura da comunidade de abelhas (Hymenoptera, Apoidea) de uma área de restinga (Praia de intermares, Cabedelo - Paraíba, Nordeste do Brasil). 1998, 77 pp. Dissertação de Mestrado (Universidade Federal da Paraíba), João Pessoa PB, 1998.

SILVA, M. C. M. Fauna de abelhas (Hymenoptera, Apoidea Apiformes) em hábitats de restinga na Área de Proteção Ambiental da Barra do Rio Mamanguape, PB, Brasil: Abundância, diversidade, sazonalidade e interações com as plantas. 2004, 149 pp. Tese de Doutorado (Universidade Federal da Paraíba) João Pessoa PB, 149 pp. 2004.

SILVA, R. A. Caracterização da flora apícola e do mel produzido por Apis mellifera L., 1758 (Hymenoptera, Apidae) no estado da Paraíba. 2006, 80 pp.- Tese de Doutorado (Universidade Federal da Paraíba). Areia PB. 2006.

SILVA, J. G. SOUZA, I. A.; HIGINO, J. S.; SIQUEIRA-JUNIOR, J. P.; PEREIRA, J. V.; PEREIRA, M. D. S. V. Atividade antimicrobiana do extrato de Anacardium occidentale Linn. em amostras multiresistentes de Staphylococcus aureus. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 17, p. 572-577, 2007. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-695X2007000400016

SILVA, A. E. S; ALMEIDA, S. S. M. S. Análise fitoquímica das cascas do caule do cajueiro (Anacardium occidentale L. – Anacardiaceae). Estação Científica – UNIFAP/Macapá, v. 3, n. 2, p. 81-88, 2013.

SILVA, S.; SOUZA, R. S.; BELARMINIO, K. J. A.; FERREIRA, E. C.; ALVES, C. A.B.; LUCENA, R.F.P., BONIFÁCIO, K. M. Etnobotânica de plantas medicinais na comunidade da Palmeira no Município de Cuitegi-PB. In: LUCENA, R.F.P.; LUCENA, C. M.; CARVALHO, T. K. N.; FERREIRA, E. C.; CAVALCANTI, E. M. A. L. , Editors. Plantas e animais medicinais da Paraíba: Um olhar da etnobiologia e etnoecologia. Cabedelo, PB. ed. IESP, 2019, 280p. Disponível em: https://bit.ly/3PIBGRA > Acesso em 21 de out. de 2022.

SILVA, M. C. M.; MARTINS, C. F. Flora apícola e relações tróficas de abelhas (Hymenoptera, Apoidea) em uma área de restinga (Praia de intermares, Cabedelo - PB, Brasil). Principia – CEFET, v. 7, n. 3, p. 40-51. 1999.

SILVEIRA, M. S. Fauna de abelhas (Hymenoptera, Apoidea Apiformes) e recursos florais utilizados em áreas urbanas e no entorno da cidade de João Pessoa, PB. 2006. 65 pp. Dissertação de Mestrado (Universidade Federal da Paraíba). João Pessoa-PB, 2006.

SOFIA, S.H. As Abelhas e suas visitas às flores em duas áreas urbanas. 1996. 236 pp. Tese de Doutorado (Universidade de São Paulo – Rio Claro). Rio Claro-SP. 1996.

SOUSA, V. F. O.; BANDEIRA, A. S.; RIBEIRO, M. D. S.; SANTOS, J. J. F.; SANTOS, G. L.; SILVA, R. A. S.; MARACAJÁ, P. B.; COSTA, J. A. Uso de fitoterápicos na cura de enfermidades em animais no Semiárido Paraibano. Research, Society and Development, v. 9, n. 7, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4040. Acesso em 21 de out. de 2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i7.4040

Arquivos adicionais

Publicado

2022-12-28

Como Citar

Santos, T. W. M. dos, Barboza, M. L. B. M., & Cavalcanti, M. L. F. (2022). IMPORTÂNCIA DO CAJUEIRO ROXO (Anacardium occidentale L.) PARA AS ABELHAS E NA ETNOMEDICINA DA PARAÍBA. Open Minds International Journal, 3(3), 35–50. https://doi.org/10.47180/omij.v3i3.179

Edição

Seção

Artigos de Fluxo Contínuo